skip to Main Content

4º Painel das Vendas de Livros do Brasil revela impacto da crise econômica no mercado livreiro

Painel das Vendas de Livros_Para site

Maio de 2016 – Comparado ao mesmo período no ano anterior, o quarto período* de 2016 apresenta queda das vendas em volume (-17,06%) e em faturamento (-11,18%). Se antes foi observada a troca das vendas do período de volta às aulas, neste, começa a ter impacto a falta de um fenômeno semelhante ao dos livros de colorir, que impulsionaram as vendas do mercado a partir deste período, no ano passado. As vendas desses títulos representaram 7,32% das vendas em volume e 5,61% em valor neste intervalo.

Analisando os números acumulados**, o cenário continua preocupante, refletindo a recessão econômica no país. Nestas 16 semanas o volume total de livros vendidos em 2016 em comparação ao ano de 2015 é 11,57% inferior, e com faturamento também em queda (-2,67%) mesmo com o aumento do preço médio ofertado (+10,07%).

Esses são alguns dos dados contidos no 4º Painel das Vendas de Livros do Brasil em 2016, apresentados pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL) e pela Nielsen.  Os números têm como base o resultado de Nielsen BookScan Brasil, que apura as vendas das principais livrarias e supermercados no país.

* T. Mercado – Período 4: 2015 (23/03 a 19/04/2015) x 2016 (28/03 a 24/04/2016)

** T. Mercado – Acumulado WK01 / WK16: 2015(29/12/2014 a 19/04/2015) x 2016 (04/01 a 24/04/2016)

Fonte: Nielsen | Nielsen BookScan

Back To Top
Skip to content