skip to Main Content

4º Painel SNEL/Nielsen aponta salto expressivo nas vendas de livros no país

O 4º Painel do Varejo de Livros em 2021 atinge um estágio que torna possível a análise de um cenário “cheio” do mercado livreiro sob os efeitos da pandemia no Brasil. Isso porque o 4º período de 2020* é o primeiro a englobar quatro semanas inteiras afetadas pela quarentena e agora podemos cruzá-lo com o mesmo período em 2021, que segue inserido em um contexto pandêmico.

No comparativo das vendas de livros entre o 4T* de 2020 e o de 2021, chamam a atenção os números superlativos: o crescimento em volume foi de 131,27% e o de faturamento chegou a 122,01%. O salto expressivo se dá em razão de momentos bem distintos vivenciados pelo setor: no ano passado, essa época representou a maior queda de vendas decorrente do fechamento de estabelecimentos não essenciais nas principais cidades brasileiras, entre eles, as livrarias. Já o 4º período deste ano reflete positivamente os esforços comerciais do segmento para enfrentar a crise, como um maior investimento em canais de venda online, por exemplo. Daí a elevação acentuada.

Comparando o acumulado do ano (2020 X 2021)**, observamos também uma variação significativa. O bom desempenho de 2021 até o momento garantiu uma ascensão de 39,85% em volume, com a movimentação total de 15,61 milhões de títulos pelo mercado livreiro. Em termos de faturamento, as vendas alcançaram um acréscimo de 28,39%, chegando a R$ 689,53 milhões em números reais este ano.

A partir desta edição, o Painel passa a trazer um terceiro panorama comparativo***: o da performance do varejo de livros do período atual (4T) com o período imediatamente anterior (3T) em 2021. Nesse diagnóstico, porém, o mercado encolhe 6,19% em volume e 11,76% em valor, queda influenciada por recentes medidas restritivas, como o ‘superferiado’ adotado por algumas cidades, que determinaram o fechamento de lojas físicas. “Daqui para frente, esse novo indicador vai ajudar a entender a evolução das vendas mês a mês em um mesmo ano, comparando cenários não tão discrepantes”, explica Marcos da Veiga Pereira, presidente do SNEL.

Esses são alguns dos dados do quarto Painel do Varejo de Livros no Brasil em 2021, apresentados pelo Nielsen Bookscan e pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL). Os números têm como base o resultado da Nielsen Bookscan Brasil, que apura as vendas das principais livrarias e supermercados no país.

*T. Mercado – Período 04: 2020 (23/03/2020 a 19/04/2020) x 2021 (29/03/2021 a 25/04/2021)
**T. Mercado – Acumulado WK01 / WK16: 2020 (30/12/2019 a 19/04/2020) x 2021 (04/01/2021 a 25/04/2021)
*** T. Mercado –Período 03: (01/03/2021 a 28/03/2021) x Período 04: (29/03/2021 a 25/04/2021)
Fonte: Nielsen | Nielsen BookScan

Metodologia
O objetivo da criação do Painel é dar mais transparência à indústria editorial brasileira. A iniciativa da parceria entre o SNEL (Sindicato Nacional dos Editores de Livros) e a Nielsen disponibiliza para o setor dados atualizados que poderão contribuir nas tomadas de decisões por empresários de todos os portes.

Para a realização do Painel, os dados são coletados diretamente do “caixa” das livrarias, e-commerce e varejistas colaboradores. As informações são recebidas eletronicamente em formato de banco de dados. Após o processamento, os dados são enviados online e atualizados semanalmente.

Nielsen Bookscan é o primeiro serviço de monitoramento de vendas de livros no mundo, presente em dez países, e o resultado de seu trabalho é um forte instrumento de decisão para as editoras que trabalham com estes dados. O SNEL divulga o Painel das Vendas de Livros no Brasil a cada quatro semanas.

SOBRE O SNEL – Criado em 1941, o Sindicato Nacional dos Editores de Livros tem como finalidade o estudo e a coordenação das atividades editoriais, bem como a proteção e a representação legal da categoria de editores de livros e publicações culturais em todo o Brasil. Como representante da categoria editorial, o SNEL é filiado à International Publishers Association (IPA) e ao Centro Regional para el Fomento del Libro en America Latina y el Caribe (Cerlalc). O Sindicato mantém articulações permanentes com diversas entidades, tanto governamentais quanto privadas, com o objetivo de fomentar a política do livro e da leitura no país. Para mais informações, visite o site www.snel.org.br.

CONTATO COM A IMPRENSA
Gabriela Leal– Assessora de Comunicação
comunicacao@snel.org.br / (+ 55 21) 2533-0399/ 99290-3477

SOBRE A NIELSEN
A Nielsen Holdings plc (NYSE: NLSN) é uma empresa global de mensuração e análise de dados, que fornece a visão mais completa e confiável de consumidores e mercados do mundo. Nossa abordagem une dados da Nielsen com informações de outras fontes para ajudar nossos clientes ao redor do mundo a entender o que está acontecendo no presente e no futuro e como agir corretamente com esse conhecimento. Por mais de 90 anos, a Nielsen forneceu informações e análises fundamentadas na ciência e inovação, e desenvolveu continuamente novas maneiras de responder às questões mais relevantes sobre mídia, publicidade, varejo e produtos de consumo (FMCG). Como uma das 500 maiores empresas de S&P, a Nielsen opera em mais de 100 países, cobrindo 90% da população mundial. Para mais informações, visite www.nielseniq.com

CONTATO COM A IMPRENSA
Ari Rodriguez–ari.rodriguez@nielseniq.com

Back To Top
Skip to content