RD skip to Main Content

Com grandes ações promocionais, sétimo período de 2022 apresenta o segundo melhor desempenho em volume no ano

O setor livreiro registrou a comercialização de 4,84 milhões de livros e faturamento de R$ 191,35 milhões em julho deste ano, como mostra o 7º Painel do Varejo de Livros no Brasil de 2022, do Nielsen Bookscan e do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL). Embora tenha sido o segundo melhor mês em volume de vendas em 2022, houve leve recuo em relação ao mesmo período de 2021, quando o resultado tinha sido de 4,87 milhões de livros vendidos e R$ 191,94 milhões. O período é marcado por grandes ações promocionais de varejistas.

“O setor segue sob pressão da alta de custos, mas está sacrificando suas margens ao não repassar esses aumentos ao consumidor em vista do quadro inflacionário, que impacta o poder de compra”, analisa o presidente do SNEL, Dante Cid.

O efeito de desaceleração citado no painel anterior se torna menor no acumulado, que continua apresentando superioridade em volume e em valor. Do início do ano até meados de julho**, o setor registrou a movimentação de 30,98 milhões de livros contra 29,39 milhões no mesmo período em 2021, em alta de 5,41%. Para o faturamento, a variação é positiva também, de 9,21%. Em números reais, o acumulado de 2022 aponta valor de R$ 1,35 bilhão; em 2021, a marca foi de R$ 1,23 bilhão.

“A inflação do último ano móvel está em 11,88%, mas o preço médio do livro não acompanha no mesmo patamar. Na verdade, os 3,6% de aumento do livro não representam 1/3 da inflação do mercado, colocando mais pressão sobre o faturamento. Ao analisar isoladamente os 500 títulos mais vendidos, percebemos que, entre esses, o preço médio teve variação mais próxima da realidade, com 10,19%” afirma Ismael Borges, Territory Manager do Bookscan.

Os números têm como base o resultado da Nielsen Bookscan Brasil, que apura as vendas das principais livrarias e supermercados no país.

*T. Mercado – Período 07: 2021 (21/06/2021 a 18/07/2021) x 2022 (20/06/2022 a 17/07/2022)
**T. Mercado – Acumulado WK01 / WK28: 2021 (04/01/2021 a 18/07/2021) x 2022 (03/01/2022 a 17/07/2022)

Fonte: Nielsen | Nielsen BookScan

Metodologia
O objetivo da criação do Painel é dar mais transparência à indústria editorial brasileira. A iniciativa da parceria entre o SNEL (Sindicato Nacional dos Editores de Livros) e a Nielsen disponibiliza para o setor dados atualizados que poderão contribuir nas tomadas de decisões por empresários de todos os portes.

Para a realização do Painel, os dados são coletados diretamente do “caixa” das livrarias, e-commerce e varejistas colaboradores. As informações são recebidas eletronicamente em formato de banco de dados. Após o processamento, os dados são enviados online e atualizados semanalmente.

Nielsen Bookscan é o primeiro serviço de monitoramento de vendas de livros no mundo, presente em dez países, e o resultado de seu trabalho é um forte instrumento de decisão para as editoras que trabalham com estes dados. O SNEL divulga o Painel das Vendas de Livros no Brasil a cada quatro semanas.

SOBRE O SNEL – Criado em 1941, o Sindicato Nacional dos Editores de Livros tem como finalidade o estudo e a coordenação das atividades editoriais, bem como a proteção e a representação legal da categoria de editores de livros e publicações culturais em todo o Brasil. Como representante da categoria editorial, o SNEL é filiado à International Publishers Association (IPA) e ao Centro Regional para el Fomento del Libro en America Latina y el Caribe (Cerlalc). O Sindicato mantém articulações permanentes com diversas entidades, tanto governamentais quanto privadas, com o objetivo de fomentar a política do livro e da leitura no país. Para mais informações, visite o site www.snel.org.br.

CONTATO COM A IMPRENSA
– Assessora de Comunicação
comunicacao@snel.org.br / (+ 55 21) 2533-0399/ 99290-3477

SOBRE A NIELSEN
A Nielsen Holdings plc (NYSE: NLSN) é uma empresa global de mensuração e análise de dados, que fornece a visão mais completa e confiável de consumidores e mercados do mundo. Nossa abordagem une dados da Nielsen com informações de outras fontes para ajudar nossos clientes ao redor do mundo a entender o que está acontecendo no presente e no futuro e como agir corretamente com esse conhecimento. Por mais de 90 anos, a Nielsen forneceu informações e análises fundamentadas na ciência e inovação, e desenvolveu continuamente novas maneiras de responder às questões mais relevantes sobre mídia, publicidade, varejo e produtos de consumo (FMCG). Como uma das 500 maiores empresas de S&P, a Nielsen opera em mais de 100 países, cobrindo 90% da população mundial. Para mais informações, visite www.nielseniq.com

CONTATO COM A IMPRENSA
Ari Rodriguez – ari.rodriguez@nielseniq.com

Back To Top