skip to Main Content

Em cinco dias, 200 mil pessoas já passaram pela XVII Bienal do Livro Rio

Cerca de 200 mil pessoas já visitaram a XVII Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro, desde a sua abertura, no último dia 3 de setembro. Somente no feriado do dia 7 de setembro, entre 80 e 100 mil pessoas foram ao Riocentro conferir o evento.

A Bienal vai até domingo, 13, e até lá, 27 autores estrangeiros e 200 nacionais participam de uma programação cultural variada voltada a todos os públicos. Esta semana, nos debates que serão realizados no Café Literários, há temas como a formação de leitores no Brasil (dia 11, às 15h30) e biografias (dia 12, às 13h30).

“A programação cultural tem se mostrando um sucesso. As mesas ficam lotadas, com ótima participação do público nos debates, o que deixa os autores e leitores satisfeitos. Na avaliação do I Fórum de Educação que fizemos, 93% dos pesquisados deram nota 10, ou seja, um grande sucesso. Além disso, os expositores também estão comemorando as boas vendas. Até agora, houve um crescimento de pelo menos 30%”, avalia Mariana Zahar, diretora do Sindicato Nacional dos Editores de Livros integrante da Comissão da Bienal.

Ao longo de todo o evento, será possível assinar uma petição pública pela manutenção dos programas governamentais de incentivo à leitura e alfabetização, lançada na própria Bienal. O acesso à petição pode ser feito na Praça Nação Leitora, instalada no Pavilhão Verde, nas ruas N26/O22.

Lá, além de assinar o documento digital, é possível obter detalhes da campanha Brasil, Nação Leitora cujo objetivo é mobilizar a sociedade em nome da educação através da leitura, pela manutenção das políticas públicas de inclusão da literatura no âmbito da Educação Infantil e dos ensinos Fundamental e Médio. Mas quem não estiver na Bienal também pode assinar a petição online:  clique aqui

 

 

Back To Top