skip to Main Content

Lançamento online do livro Retratos da Leitura no Brasil 5 acontece no dia 28/06

Obra traz análises sobre a única pesquisa que avalia o comportamento leitor do brasileiro. Acompanhe a live com com especialistas do setor

Todos os dados condensados e analisados da mais completa pesquisa que avalia o comportamento leitor do brasileiro estão no livro Retratos da Leitura do Brasil 5, que será lançado nesta segunda-feira (28/06), às 19 horas, pelo Instituto Pró-Livro (IPL), em um bate-papo virtual com alguns dos especialistas do setor.A obra está sendo publicada pela Editora Sextante e será disponibilizada para download no site do IPL. A transmissão do evento será feita através do canal do YouTube do Itaú Cultural, e contará com a participação do presidente do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL), Marcos da Veiga Pereira, sócio da editora Sextante, também membro da Diretoria do IPL.

O que leva as pessoas a lerem um livro, o que efetivamente leem, quem são os incentivadores, o espaço que as edições digitais ganharam, o acesso ao livro e a importância das bibliotecas são alguns dos temas que ganham luz e detalhamento sob a ótica de diferentes abordagens acerca dos resultados da 5ª edição da Pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, realizada pelo Instituto Pró-Livro, em parceria com o Itaú Cultural e aplicada pelo Ibope Inteligência, em âmbito nacional entre o final de 2019 e início de 2020. São análises que chamam a atenção sobre os desafios que governo e sociedade têm pela frente, para a criação de um país leitor e crítico.

É preciso ressaltar a importância que os livros têm na vida de cada um de nós. As páginas são caminhos efetivos que levam ao crescimento pessoal, com o compartilhamento de conhecimento e entretenimento. E a obra que está sendo lançada pode ser usada para nortear as ações voltadas à formação de leitores, à promoção da leitura e do acesso ao livro.

No evento de lançamento, João Luis Ceccantini, Rita Jover-Faleiros e, Rodrigo Lacerda, três dos treze especialistas que têm suas análises no livro, participarão de uma roda de conversa sobre os Desafios para formar e encantar leitores de literatura e os leitores que perdemos pelo caminho, com mediação de Zoara Failla, coordenadora da Pesquisa e Curadora da obra. José Ângelo Xavier, do Instituto Pró-Livro, Eduardo Saron, do Itaú Cultural e Marcos da Veiga Pereira, da Editora Sextante e também do IPL, estarão no painel de abertura.

Sobre o livro
A obra Retratos da Leitura do Brasil5 mostra um painel com diferentes interpretações sobre os resultados do estudo. Um convite à reflexão sobre os enormes desafios, para que o atual cenário seja melhorado. “A obra traz subsídios para a ponderação do leitor interessado em conhecer o diagnóstico do comportamento leitor do brasileiro e a comparar os resultados na série histórica, desde 2011. “Esperamos que essa ampla análise sobre os resultados da pesquisa subsidie estudos, oriente avaliações e a formulação de políticas públicas e ações do governo, sociedade civil e cadeia produtiva”, afirma Zoara Failla.

O livro conta com convidados muito especiais, que analisam minuciosamente o impacto das políticas públicas na última década. Eles promovem também reflexões sobre os caminhos a percorrer para que sejam registrados avanços efetivos no que se refere ao fomento e a melhoria dos indicadores de leitura.

Segundo Zoara, os autores têm diferentes abordagens e inserções na área da leitura e do acesso ao livro, mas discorrem sobre os resultados da pesquisa sob uma mesma ótica, a de que a leitura é uma ferramenta de acesso irrestrito ao conhecimento humano, à ciência, à cultura, à capacidade de crítica e de leitura do mundo, essenciais para uma sociedade democrática e plural, e de que a literatura desperta a empatia pelo outro.

A introdução da obra é feita por Zoara Failla, coordenadora da Pesquisa. Maria Rebeca Otero Gomes e Célio da Cunha, ambos da UNESCO, destacam a urgência para melhorar os indicadores de leitura, condição imprescindível para a construção do desenvolvimento social, humano e cultural sustentável de nossa sociedade.

Maria das Graças Monteiro Castro, que também analisou os resultados da pesquisa Retratos da Leitura em Bibliotecas Escolares, realizada pelo IPL em 2019 e aplicada pelo INSPER, avalia a percepção dos brasileiros sobre a importância das bibliotecas escolares na aprendizagem e na formação de leitores.

Rodrigo Lacerda nos apresenta sua trajetória leitora para, nesse percurso, apontar as leituras e autores (poderosos) que despertam a vontade de “imitar” ou de “botar para fora” experiências e que transformam um leitor em um autor. Já como escritor, desenha sua trajetória leitora ao “vasculhar” centenas de autores.

Ana Lucia Lima, coordenadora da pesquisa INAF-Índice de Analfabetismo Funcional – aceitou nossa provocação para um diálogo entre as duas pesquisas: Retratos e INAF e explicar os hábitos de leitura de livros e os não leitores, segundo a Retratos.

João Luís Ceccantini pergunta: por onde andará a literatura infantil e juvenil brasileira? Segundo ele, de acordo com os resultados da pesquisa, o percentual de leitores de livros de literatura (28,9 %, o que corresponde a cerca de 55 milhões de leitores), contradizem aqueles que afirmam que cada vez se lê menos literatura.
A boa surpresa desta edição foi a elevação no percentual de leitores de 5 a 10 anos, mas o que instiga é a queda no percentual de leitores que, nesta edição da Retratos, inicia após os 10 anos e se acentua após os 14 anos. Rita Jover-Faleiros nos ajuda a explicar esse cenário.

José Castilho Marques Neto explica por que os “números” da Retratos 5 nos frustraram tanto. Em seu artigo, elenos traz um “apanhado” sobre a escalada desse “desmonte”.

Já Ricardo Azevedo nos leva a percorrer poesias para mostrar a importância da literatura e da ficção na formação do jovem. Defende a literatura que “trabalhe as semelhanças/identidade entre as pessoas” e não as diferenças (infantil, juvenil, adulta).

Fabio Malini propõe, a partir dos dados da pesquisa, uma reflexão sobre os impactos da leitura de livros em plataformas digitais, como Facebook, WhatsApp e Instagram.

Mariana Bueno, economista da Nielsen Book, responsável pela pesquisa “Produção e Vendas do Setor Editorial Brasileiro”, analisa se o que a Retratos revela sobre os consumidores de livros está em sintonia com os estudos que desenvolvem sobre o mercado editorial e se esses conhecimentos podem orientar a cadeia produtiva.

Para Idmea Semeghini-Siqueira o encantamento pela leitura e a iniciação para a formação do leitor devem ser oferecidos na educação infantil. Ela defende que deveriam ser instaladas, com recursos do FUNDEB, Salas multi-linguagem em todas as escolas infantis.

Serviço:
Lançamento: Livro Retratos da Leitura no Brasil 5
28/06 (segunda-feira) – 19h – Canal YouTube do Itaú Cultural
19 horas – LANÇAMENTO – Retratos da Leitura no Brasil 5 – o livro
✔ José Angelo Xavier (Instituto Pró- Livro),
✔ Eduardo Saron (Itaú Cultural)
✔ Marcos da Veiga Pereira (IPL, SNEL e Sextante)
O LIVRO
✔ Zoara Failla –Organizadora

19h15 – CONVERSA COM AUTORES – A leitura do “Retratos”
✔ Desafios para formar e encantar leitores de literatura e os leitores que perdemos pelo caminho
✔ Rita Jover-Faleiros
✔ João Luis Ceccantini
✔ Rodrigo Lacerda
Mediação: Zoara Failla – Organizadora

Após o lançamento, acesse o Sumário e faça download do livro no site do IPL – www.prolivro.org.br

Back To Top
Skip to content