RD skip to Main Content

Pela primeira vez no ano, varejo apresenta comparativo de vendas negativo

A tendência de crescimento das vendas de livros em livrarias foi interrompida pela primeira vez, este ano. No 8º período de 2015, o setor registrou uma variação negativa tanto em volume (- 5,5%), quanto em faturamento (- 3,1%), em comparação ao mesmo período do ano passado, alcançando um montante total R$ 100,4 milhões. Esses são…

A tendência de crescimento das vendas de livros em livrarias foi interrompida pela primeira vez, este ano. No 8º período de 2015, o setor registrou uma variação negativa tanto em volume (- 5,5%), quanto em faturamento (- 3,1%), em comparação ao mesmo período do ano passado, alcançando um montante total R$ 100,4 milhões.

Esses são alguns dos dados contidos no 6º Painel das Vendas de Livros do Brasil, apresentados pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros e o Instituto de Pesquisa Nielsen. Os números têm como base o resultado do BookScan Brasil, que apura as vendas das principais livrarias e supermercados. O período aferido vai de 13 de julho a 9 de agosto.

Com esse resultado, o varejo registra um crescimento no comparativo anual de 6,61% em volume e 6,05% em faturamento, abaixo da inflação do período que é de 9,5%. Já o faturamento das editoras, no mesmo intervalo de tempo, teve uma variação negativa de 0,13%. Para este segundo cálculo, são analisados os números de exemplares vendidos, preço e desconto médio oferecidos pelos livreiros, calculando o valor bruto dos exemplares vendidos x o preço de capa. Os números têm como base o resultado do BookScan Brasil, que apura as vendas das principais livrarias e supermercados.

Metodologia

O objetivo da criação do Painel é dar mais transparência à indústria editorial brasileira. A iniciativa da parceria entre SNEL e Nielsen disponibiliza para o setor dados atualizados que poderão contribuir nas tomadas de decisões por empresários de todos os portes.

Há mais de 90 anos no mercado e presente em mais de 100 países, a Nielsen é sinônimo de pesquisa e informação de mercado. Para a realização do Painel, os dados são coletados diretamente do “caixa” das livrarias, e-commerce e varejistas colaboradores. As informações são recebidas eletronicamente em formato de banco de dados. Após o processamento, os dados são enviados online e atualizados semanalmente.

O Bookscan é o primeiro serviço de monitoramento de vendas de livros no mundo, presente em dez países, e o resultado de seu trabalho é um forte instrumento de decisão para as editoras que trabalham com estes dados.

O SNEL divulga o Painel das Vendas de Livros no Brasil a cada quatro semanas.

Veja na íntegra o 6º Painel das Vendas de Livros do Brasil

Back To Top