RD skip to Main Content

Presidente do SNEL participa da abertura da 4ª Jornada Profissional

Rodadas de negócios acontecem pela primeira vez na Bienal do Livro Rio; 40 editores nacionais e internacionais participam da iniciativa.

O presidente do Sindicato Nacional de Editores de Livros (SNEL), Dante Cid participou nesta quarta-feira (30) da abertura da 4ª Edição da Jornada Profissional, sediado pela primeira vez na Bienal do Livro Rio.

Em sua fala, Dante Cid agradeceu a presença dos editores brasileiros e estrangeiros e oportunidades de um maior intercâmbio para a indústria editorial dos países representados.

“É muito significativo para nós do SNEL que a Jornada esteja acontecendo pela primeira vez no Rio de Janeiro, no ano em que a nossa Bienal comemora 40 anos. Será uma edição muito especial e a presença das senhoras e dos senhores amplia o escopo do evento, crescendo na diversidade e na inclusão”, destacou Cid.

Os encontros são promovidos pelo Brazilian Publishers — projeto de internacionalização de conteúdo editorial brasileiro realizado por meio de uma parceria entre a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil) — com o apoio da Bienal do Livro Rio e do SNEL.

A presidente da CBL, Sevani Matos agradeceu o presidente do SNEL por trazer a Jornada ao Rio de Janeiro.

“Pela primeira vez, a Jornada Profissional está sendo sediada pela Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro, que desde sua primeira edição, em 1983, tem contribuído para que a literatura brasileira e todos os profissionais da cadeia do livro ganhem cada vez mais reconhecimento e relevância no cenário internacional”, lembrou Sevani.

Estarão representadas nas rodadas de negócios as empresas brasileiras Ciranda Cultural, Devir, Cafezal, Voz de Mulher, Ler Editorial, Caraminhoca, Blucher, LCG Editora, Quase Oito, CLB Produções, Eiros, AllBook, Charme, Abroad Books, Árvore, BIBLIEX – Biblioteca do Exército, Biruta, CEDIC Internacional – Bom Bom Books, Editora do Brasil, Elementar, FTD Educação, Global Editora, LVM Editora, Melhoramentos, Pallas Editora, Panda Books, Pingo de Luz, Prêmio Internacional Destaque Nordeste, Rua do Sabão, SESC SP, Telos Editora, UNESP e VR Editoras.

Elas terão a oportunidade de negociar a venda de direitos autorais de livros brasileiros diretamente com representantes de empresas do mundo todo, como Fundalectura (Colômbia), Penguin Random House Colômbia (Colômbia), Instituto Português (Eslováquia), Trinta Zero Nove (Moçambique), Al Arabi Publishing (Egito), Interzona (Argentina), AZ Editora (Argentina), Rey Naranjo (Colômbia), Cinco Books (Estados Unidos), Secretaria de Educação Pública do México (México), Xact Books (Índia), Prakash Books (Índia) e VR Editora (Argentina).

Back To Top